Meia Noite em Paris

6 07 2011

Meia Noite em Paris é um filme sensacional.

E não é só porque é do Woody Allen.

Momentos após assitir me encontro apaixonado pela Paris dos anos 20.

O filme mostra a história de um escritor inseguro em viagem a Paris que encontra uma brexa no tempo-espaço e volta pros anos 2o, onde conhece seus aturoes favoritos.

Não é um filme pra qualquer um, fala de autores da “geração perdida”,  de surrealistas e de pintores cubistas. Ao mesmo tempo em que senhoras de idade se desdobravam em risadas na sessão, alguns ficavam sem entender a piada.

De TS Elliot a Miró (com destaque a queridinha vanguardista Gertrude Stein), o personagem se apaixona, se inspira e expira talento.

Owen Wilson faz o papel que normalmente seria de Allen, e o faz com perfeição. Da expressão facial a execução do roteiro cuidadosamente escrito pelo diretor.

Um roteiro que mistura a seriedade a momentos cômicos, com passagens que arracam um meio-sorriso.

E a participação da sempre deslumbrante Carla Bruni, mesmo que insignificante, bem vinda.

Ouso dizer que é o melhor filme do ano até agora, é Allen das antigas, e um dos meus novos filmes favoritos.








%d blogueiros gostam disto: