Inverno da Alma

20 02 2011

Em minha maratona atrasada de indicados a melhor filme do Oscar, chegou a vez de Inverno da Alma.

O filme é insosso e chato. Não tem ritmo, não tem fotografia sensacional, nem roteiro surpreendente. Típica madrugada da Globo.

(faltou Sazon)

Não entendi a indicação pro Oscar. Completamente overrated.

Conta a busca de uma menina pelo seu pai, para que não perca a casa, onde mora com sua mãe doente e dois irmãos. Chato.

Vi, não gostei, não chorei, não me emocionei. Apenas lamentei a perda de tempo.





Encontro Explosivo

23 01 2011

Taxado de divertido pela crítica e adorado pelo público, Encontro Explosivo, comédia romântica com Tom Cruise e Cameron Diaz prometia um bom filme.

Tenta em vão ser o Sr. e Sra. Smith da vez, absolutamente não convence. De takes frios e com pura intenção de vender o filme se revela inconsistente a cada minuto. Com cenas absurdas, e convenhamos, impossíveis de acreditar, o filme não passa credibilidade em momento nenhum, quase que se assumindo como ruim.

O que os primeiros 45 minutos tem de regular, a última hora tem de ruim. A cada tiro do personagem (sem construção, profundidade, personalidade ou carisma) de Tom Cruise você tem vontade de se retirar da frente da tela da sua TV.

O que eu esperava ser um bom filme, com certeza não é.





Livros – Resenhas atrasadas em talvez um pouco mais de 140 caracteres, mas ainda assim bem rapidinhas.

12 01 2011

Nossa, faz tempo que não escrevo sobre livros! O que eu andei lendo? Vamos lá:

Bilionários por Acaso: Não há muito o que falar, narrativa lerda, antí-clímax bombástico, história interessante, mal escrito. Ah, vejam o filme, esse sim é sensacional.

A Cabeça de Steve Jobs: WOW. Esse sim é bastante interessante.. li em menos de 24h, conta a história da empresa mais descolada do mundo e como um dos gênios modernos pensa e aje. Lwitura rápida e necessária para fãs da Apple. Ou do Steve.

Desventuras em Série: Vários amigos vinham me falando desse livro, e eu sempre com a máxima: odiei o filme, não vou ler. Até que certo dia, olho pra ele e falo, taí.. vou ler. Li e gostei. É bem diferente do filme, e beeeeeeeem mais divertido. Rapidinho, são vários livros curtos. To no dois ainda.

A Sociedade do Anel: Eu tenho uma pequena resolução idiota: se eu ler todos os livros bons enquanto eu tenho 16 anos, quando tiver 32 não vai sobrar nada, daí fico procrastinando a leitura de livros como Senhor dos Anéis, 1984, e outros. Mas me rendi, cansei de esperar. Não posso falar muito, na verdade não posso falar nada, to no capítulo 2 ainda. Mas até agora tá bonito.

O Que se Passa na Cabeça dos Cachorro e outras aventuras: Mais uma tradução horrenda pra um livro genial, do colunista do The New Yorker Malcom Gladwell. Várias matérias dele sobre pequenos gênios, pequenas sutilezas e histórias que nos passam despercebidas no dia dia. Bem legal.

E .. chega.





As Melhores Coisas do Mundo

12 01 2011

Ontem aluguei As Melhores Coisas do Mundo na locadora Bit Torrent e sentei pra ver. Filme nacional, aviso.

A expectativa? De um filme nem mais, nem menos. A reação? Sensacional.

Esse cinema novo brasileiro, essa nova geração de cineastas veio mostrar como se pode fazer bonito. Quem deu essa bola dentro foi Laís Bodanzky.


Filme surpreendentemente bom. Drama adolescente cheio de dúvidas, incertezas e cotidiano. E belas atuações.

Pra mim, aquela velha história de “Filme nacional? Melhor dormir..” ficou no passado. Depois das surpresas de Apenas o Fim, Tropa de Elite e outros acabou o preconceito. Vejo e me divirto, e você também deveria. Tem muita coisa boa por aí, é só saber filtrar.

(filme com tony ramos e glória pires nunca mais, por favor!)

TRAILER





RECEITA!

6 12 2010

Depois do sucesso que foi o cupcake, ensino a fazer bombas de chocolate, deliciosamente sensacionais.
Ingredientes (massa):

1 xicara de agua
100 gramas de manteiga
1 xicara de farinha de trigo
4 ovos

Preparo:

Aqueca o forno 200ºC. Leve a agua e a manteiga p/ ferver. Quando ferver tire do fogo e jogue rapidamente a farinha de uma só vez, e leve de novo em fogo baixo até formar uma bola, retire do fogo, e quando frio adicione os ovos. Bata na batedeira, até obter uma massa lisa.
Faça as bombas e leve para assar em forno quente. (30 – 35 min.)

Ingredientes (recheio):

1 L de leite
1 L de leite moça
4 gemas
4 colheres de maisena
essencia de baunilha em pó

Bater tudo no liquidificador, e engrossar no fogo. Ultilizar depois de frio.

Cobertura:

Pode ser foundaint, chocolate meio-amargo, chocolate branco …

____

ASSEGURO QUE FICA BOA. SATISFAÇÃO OU SEU DINHEIRO DE VOLTA.

a receita é da Tia Carla, mãe da Ju./






Alguma coisa sobre Harry Potter 7 – A Pré Estreia

19 11 2010

Eu fui, eu vi.

A ansiedade era grande. A expextativa era grande. Mas deu certo. Acho que finalmente David Yates acertou a mão na direção e fez um filme BONITO.

De roteiro sensacional, onde se prezaram as partes importantes, e os detalhes essenciais, mas sem ficar muito cheio, chato. Logo no começo você percebe a diferença na trilha sonora, afinal John William deixou a franquia, e não sei se isso é necessariamente ruim. Gostei da novo trilha, mais atual, visto que o filme não mais se passa em Hogwarts.

O trio deu realmente um show de atuação, bem diferente daquelas crianças brincando no set.

A história evolui de forma.. sensacional. Aviso, o filme foi feito pra fã, levando realmente em consideração o livro, uma adaptação num estilo diferente dos outros.

 

A fotografia claramente escureceu, tendo um tom mais dark, tal qual a história.

Sem mais a acrescentar, arrisco dizer que se tornou meu preferido da franquia. (pelo menos até o próximo)

Uns amigos tiveram a chance de ir na pré estreia oferecida pela Warner, no Shopping Eldorado, aqui em SP, que contou com a presença de ninguém mais que Matheew, o Neville. É, ninguém sabe direito o nome dele. Disseram que é absurdamente tímido, mas infelizmente não tiraram fotos.

Ah, antes que eu me esqueça, na sessão tinha uma galera vendendo feijõezinhos de todos os sabores, que vieram lá de Orlando. Bem bacana, comprei 4. Anis, canela, laranja e vômito.   A sessão estava bem tranquila, sem muita gritaria e essas coisas. Aguardo ansiosamente pela próxima vez que verei esse filme. Recomendadíssimo por 3 vezes seguidas.

E O HARRY MORRE NO FINAL


Avante!





A Batalha do Apocalipse

28 10 2010

A Batalha do Apocalipse é acima de tudo uma obra prima, e de um brasileiro, Eduardo Spohr.

Que começou vendendoseus livros independentemente, e caiu nas graças da lista dos 10 mais vendidos da Veja. E de uma grande editora, claro.

A história é sensacional, com uma estrutura, que se analisada de fora, é esteticamente perfeita. Os personagens tem tamanha profundidade que conseguem te comover, ou te deixar feliz. Os fatos são narrados de forma espetacular.

E o enredo? Aí é outra história que deixo você descobrir sozinho.

Delicioso de ler, leve, denso, épico. Como disse o jornalista José Louzeiro, não há nada na literatura brasileira que se assemelhe a isto. Nada.

Com uma cultura de se dar inveja, o autor deixou o livro vasto de informações e curiosidades, e conseguiu ser crível em um livro de FANTASIA. É clara a influência de Tolkien e de RPG também.

ABdA abre precedentes pra toda uma gama de livros, deficiente de autores brasileiros. E o livro mostrou a que veio, lotou a Bienal e vem lotando sessões de autógrafo por todo Brasil.

Uma leitura obrigatória pra você, nerd. E pra você que não é também.

Uma leitura obrigatória e ponto.

Certo que já está na lista dos meus preferidos. E lá em cima.

lúcifer e gabriel morrem no final, #prontofalei









%d blogueiros gostam disto: