vivo

21 07 2011

Sim, caros leitores fiéis, ainda vivo.

Vivo dormindo, vivo vendo filmes, vivo escrevendo textos sem sentido, vivo.

Mas não tenho mais vontade de vir aqui como tinha antes.

Quem sabe um dia.

 

Anúncios




Meia Noite em Paris

6 07 2011

Meia Noite em Paris é um filme sensacional.

E não é só porque é do Woody Allen.

Momentos após assitir me encontro apaixonado pela Paris dos anos 20.

O filme mostra a história de um escritor inseguro em viagem a Paris que encontra uma brexa no tempo-espaço e volta pros anos 2o, onde conhece seus aturoes favoritos.

Não é um filme pra qualquer um, fala de autores da “geração perdida”,  de surrealistas e de pintores cubistas. Ao mesmo tempo em que senhoras de idade se desdobravam em risadas na sessão, alguns ficavam sem entender a piada.

De TS Elliot a Miró (com destaque a queridinha vanguardista Gertrude Stein), o personagem se apaixona, se inspira e expira talento.

Owen Wilson faz o papel que normalmente seria de Allen, e o faz com perfeição. Da expressão facial a execução do roteiro cuidadosamente escrito pelo diretor.

Um roteiro que mistura a seriedade a momentos cômicos, com passagens que arracam um meio-sorriso.

E a participação da sempre deslumbrante Carla Bruni, mesmo que insignificante, bem vinda.

Ouso dizer que é o melhor filme do ano até agora, é Allen das antigas, e um dos meus novos filmes favoritos.








%d blogueiros gostam disto: