(500) dias com ela

16 01 2011

Esse é de longe um dos meus intermináveis filmes preferidos, garantindo um lugar lá em cima. É de tal sutileza impressionante. Simples, despretensioso. Agradável desde a perfeição de Zooey Deschannel até a atuação descontraída de Joseph Gordon Levitt. Passando por momentos cômicos e dramas, o filme é conduzido em cima da linha de tempo de 500 dias, que na fita é totalmente aleatória, dos dias de amor, ódio e uma mistura disso de Tom Hansen por Summer. Desde que se conheceram, na sala de reunião de um escritório de cartões comemorativos, até seu primeiro beijo na sala do xerox e ainda na fora em que ele leva no restaurante.

É simplesmente diferente. Montagem digna de Oscar e momentos memoráveis. Com direção de Marc Webb. É desses que em 1:37h consegue te deixar com vontade de chorar e com um sorriso na cara 5 minutos depois. E a trilha sonora… ah, a trilha sonora. Essa é das boas. Descobri várias bandas, das quais escuto muito nesse filme. Pra mim, a melhor trilha de filme, com o melhor timing, as melhores músicas e tudo mais. Viciante. Essa eu ouvi mais do que as nada menos que 8 vezes que vi (500).

Referências a cultura pop presentes a todo tempo. O jeito meio anos 60 de Summer, a estética diferente. A fotografia com um tom experimental, pero no mucho.

Já começa pelo trocadilho no nome e acaba com uma sacada engraçadinha no final.

Com certeza um dos filmes que eu indicaria pra ver antes de morrer.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: