Sempre ao Seu Lado

11 07 2010

Sempre ao Seu Lado parece um clichê aproveitador do sucesso de Marley & Eu, mas não, certamente não.

Na verdade, a única semelhança entre eles é a presença de um cachorro. Sempre ao Seu Lado é mais “intenso”, mais bem feito, mais emocionante, num sentido diferente do usado normalmente.

Quando você começa a assistir você pensa que conhece o final, e está certo dele, mas não, o filme te surpreende de tal maneira impressionante, como há muito não via.

Quem concebeu o filme foi um diretor sueco, Lars Sven (Lasse) Hallström, e a química entre Richard Gere (que deu um show de atuação) e Joan Allen é perfeita, e somada a Hachiko então, impossível descrever.

O filme consegue te conquistar, te comover, na verdade quem faz isso é o cachorro e sua lealdade, sua incrível lealdade. A trilha sonora é fantástica e casa muito bem com o filme, boa parte dela é tocada no piano, o que no filme faz algum sentido.

A fotografia é diferente do que você está acostumado, diria bastante diferente, e isso não é necessariamente ruim, é bom, é ótimo. Ao mostrar a cena do ponto do cachorro é que você percebe a genialidade da fotografia desse filme. Eu achei, pelo menos. E o roteiro, fantástico, só tenho isso a dizer.Ainda busco defeitos nesse filme, porém parecem não existir. Se você tem um cachorro, afirmo, assista. Se você não tem, assista. Se decepcionar com ele não é uma opção.

Gostei. Muito.

Trailer:

Ficha Técnica

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: