A morte do jornal

21 06 2010

Todo mundo sabe que o jornal não é mais o mesmo, é muito menos do que costumava ser. Hoje em dia é coisa de poucos, e certamente pra um público mais velho. Os jovens não costumam ler jornal. Eu não leio jornal (alguns cadernos, no domingo e olhe lá). A mídia está praticamente morta, já que não tem futuro.

Vejo uma tentativa, por parte deles, de se adequarem aos tempos modernos, em vão. A notícia é aqui, agora, digital, não há sentido comprar um jornal. (pegou a rima, hã?). A Folha por exemplo, mudou todo seu modelo editorial, está mais direta, mais sucinta, é como uma versão da Folha Online impressa, e isso é a prova mais viva da transição do ‘analógico’ pro digital.

Na internet você tem a opção de ler a notícia, de se aprofundar na notícia, ou apenas de ler a chamada, depende do seu interesse no assunto, e é pensando nisso que foi criado um jornal na Inglaterra em que você fazia um perfil, e conforme ele era montado um jornal só pra você, com notícias do seu gosto. Fracasso, afinal o trabalho que isso demanda é imenso.

O jovem padrão passa muito mais tempo na internet do que lendo, assim é uma coisa que aconteceria naturalmente, pois em breve nós seremos o público mais velho. Eu leio a Folha Online todo dia. Não toda claro, o que me interessa, e quase todo mundo ‘varre’ um portal de notícias todos os dias, várias vezes, como o G1, Uol ou o Terra, e tem lá, toda a notícia, mais atualizada até.

20100621_17244594_001

Seguindo essa tendência, um jornal japonês criou uma versão  pra se aproximar dos jovens. Um jornal em mangá. No Japão, a importância do jornal é infinitamente maior que por aqui, como referência, tomo no NYT. O jornal japonês com maior circulação, Yomiuri Shimbun, tem 10 vezes maior tiragem que o NYTimes. Porém, como já disse, pra um público mais velho.

Por que não criar um jornal todo em MANGÁ? Isso. A ideia é boa, divertida, diferente. Imagine ver as notícias de hoje em dia, desenhadas. O site conta com mais de 100 artistas, que atualizam o site mais de 10 vezes por dia.

「ニンテンドー3DS」をE3で初披露

Genial, a ideia, pelo menos.

Estudam a possibilidade de versões internacionais e aplicativos pra celular.

Se isso não é tendência, eu realmente não sei o que é.

Anúncios

Ações

Information

3 responses

21 06 2010
armandonetto

Japoneses estão para tendências tecnológicas como o Estados Unidos está para guerras: sempre inventando coisa nova :D

Mas, eles tem uma relação muito forte com o mangá, o que facilita muito as coisas né?

Pra gente a saída seria um app pro Orkut(tipo um BuddyPoke), aí todos os jovens iam usar.

Abraço.

21 06 2010
Marinho

Sou jovem e não uso Buddy Boke, leio Folha, será que spu jovem ao contrário?

21 06 2010
armandonetto

Somos jovens idosos. Somos a salvação dessa geração, rs.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: