Sacos de dormir criativos

31 05 2010

Wearable Sleeping Bag

Shark Sleeping Bag

Sniper Sleeping Bag

(FARC STYLE)

Adam and Eve Sleeping Bag

Inflatable Sleeping Bag

Bear Sleeping Bag

Pra dias de frio.

Dust Mite Proof Sleeping Bag

Pra dias de calor.

Two Legged Sleeping Bag

TINHA que ser coisa de japonês, TINHA.

Tauntaun Sleeping Bag

Anúncios




Propaganda do dia

31 05 2010

Camapnha aí da WWF pela preservação do meio ambiente.

Conforme você usa papel o verde vai acabando, e deixo aqui a pergunta: DUAS FOLHAS SÃO REALMENTE O SUFICIENTE PRA SECAR A MÃO? NÃO! ENTÃO PORQUE AQUELE AVISO? Eu não vou poupar papel, a minha mãe não vai ficar molhada, foda-se o mundo.





Grau 26

31 05 2010

Acabei de ler esse “livro” faz um tempo já, e na época não escrevi nada, mas achei que deveria então la vai. (Essa não é uma resenha, é uma apresentação!)

Conheci este livro através da revista MOVIE (eu ainda leio revistas, sim), e vou explicá-lo pra vocês.

Em tempos de internet, muito se fala da junção de mídias, mas aparentemente, nada tem dado muito certo. Até isso. A ideia é de Anthony E. Zuiker, o criador da série C.S.I. A obra é um livro policial misturado com elementos cinematográficos e rede sociais. Isso mesmo. Você vai lendo o livro, e a cada 30 páginas ele te dá um código, você vai no site oficial, insere o código e vem um vídeo, uma parte do livro, uma continuação à história, e não é qualquer coisinha não, é bem feito.

O romance fala basicamente de um psicopata que é incluído num novo grau de maldade, o 26, e de um policial, que teve sua família morta por esse psicopata, que tem que caçá-lo. É uma narrativa ótima, que te prende de um jeito absurdo. Vê aí o trailer.

É uma leitura ÓTIMA e uma ideia genial.





A Pequena Vendedora de Fósforos

31 05 2010

Esse vídeo aí é um curta do conto russo A Menina que Vendia Fósforos, MUITO bem feito e com uma trilha sensacional.

Foi dirigida por Roger Alles, e foi indicada ao Oscar de Melhor Animação, 2007.

Mega recomendo verem, é curtinho, vale a pena MESMO.





Alice no País das Maravilhas/ Através do Espelho e o que Alice encontrou por lá

31 05 2010

Como a muito tempo não faço, uma resenha de livro. Vamos lá.

A ideia de ler Alice veio depois de todo o hype do filme, porque, pasmem, adoro ler livros que são/serão adaptados pro cinema (quase sempre me decepciona, mas vá lá), então decidi após ouvir um pouco sobre a história, resolvi ler.

A história de Alice é dividida em 2 livros, Alice no País das Maravilhas e Através do Espelho e o que Alice encontrou por lá, na edição que eu li, vem os dois.

Alice no País das Maravilhas é legal, gostei, te faz viajar, imaginar, você realmente entra na história, é rápido, leve e tudo mais, gostei bastante, mas teria parado por aí. Através do Espelho não é chato, mas tá quase lá. Tem partes cansativas, tediosas, paradas, como também tem algumas, admito, poucas, partes legais, daria pra ficar sem, mas também não é torturante. Demorei algum tempo pra ler, 18 dias, tudo isso devido as partes chatas de Através, que não me davam a mínima vontade de ler.

Contudo, recomendo a leitura, leiam inteiro, não parem na metade, no final, vai valer a pena. :-)

PS: A edição que eu li é a da editora Jorge Zahar, bem apresentada, capa dura, ilustrações originais e boa tradução.

Sobre o filme: Apesar de não ser uma adaptação direta do livro, ser apenas baseado, gostei muito. Vi muita gente falando que Tim Burton não é mais o mesmo, que estragou a história, e blá blá, pra mim ele ainda é um ótimo diretor e Alice é um filme foda, não só artisticamente, mas no geral.

Ressalvas pra atriz completamente sem sal que interpretou a Alice e pra quem conseguiu deixar a Anne Hathaway feia.





Propaganda do dia

30 05 2010

Propaganda da linha light da Pedigree.

O legal é o gato fugindo depois de ter colocado a margarida no cachorro.





Propaganda impublicável

30 05 2010

Essa é daquelas que gostaria de ver por aí. Propaganda de sonífero, saca só:

O cartaz diz: Para uma boa noite de sono em qualquer lugar.








%d blogueiros gostam disto: